sexta-feira, 17 de julho de 2009

Nossa Senhora do Carmo de Garabandal

Conchita, uma das videntes de Garabandal em extâse.

Mensagem do dia 18 de Junho de 1965


"Em virtude da minha mensagem de 18 de Outubro não ter sido obedecida nem realizada e conhecida pelo mundo, advirto-vos, pois, que esta é a última. De inicio, o calice estava a encher. Agora esta a transbordar. Muitos cardeais, muitos bispos e muitos padres estão no caminho da perdição com eles estao conduzindo muitas almas. Cada vez MENOS IMPORTÁNCIA É DADA À EUCARISTIA. Vós deveis afastar a ira de Deus para longe de vós com vosso esforço. Se Lhe pedir- lhes perdao com coraçã o sincero, Ele vos perdoará . Eu, a Vossa Mãe, pela intercess ã o de S. Miguel, peço que vos amendeis. Estais a receber o último aviso. Amo-vos muito e n ã o quero a vosssa condenação. Rezem com sinceredade e nós ouviremos as vossas preces. Deveis FAZER MAIS SACRIFICIOS. Lembrai-vos da Paixao de Jesus."

Um comentário:

Magdalia disse...

Eu acredito muito nas aparições da Santíssima Birgem nesse lugar. O Padre Pio também acreditava. E os videntes sempre se comportaram de forma exemplar, ao contrário de outros pseudo-visionários de Nossa Senhora....

Em Jesus e Maria, sempre!